Uma marca linda, leve e delicada, desenvolvida especialmente para a Bohemian, empresa de cosméticos alemã, que utiliza flores e ervas como ingredientes principais. Foram desenvolvidos logotipo, papelaria e identidade para os frascos.

Que tal aproveitar o começo do ano e encomendar a sua identidade visual também? Veja nossos pacotes no site:
http://bit.ly/2lMboj1

Bohemian1 Bohemian2 Bohemian3 Bohemian4

http://www.bloglayouteria.com/2017/02/2545.html

Seu logotipo combina com o seu produto?

Após surgirem inúmeros pedidos de orçamento para a criação de logotipos, fiquei com a tal questão martelando por alguns dias. Afinal, ter um logotipo legal e bem feito garante uma boa impressão do seu ateliê e consequentemente de seus produtos. Mas a questão é: com a multiplicidade de opções, o que seria ideal para mim?

O que tenho observado muito, é uma avalanche de “logotipos fofos”, feitos com diversos elementos ao redor e tipografias mais desenhadas. Muitas pessoas oferecendo (eu mesma, inclusive) e mais pessoas ainda fazendo. Acho legal, me atraí, assim como atrai você. Mas, transmite a qualidade e a seriedade que se deve ter para um produto? Afinal, não é isso que buscam  nossos clientes: produtos lindos, fofos, mas feitos com qualidade e seriedade na entrega e no acabamento? Opino que sim, que é isso que eles procuram. E apesar de já ter criado alguns logotipos com desenhos e letras que dificultam até mesmo o entendimento, a gosto do cliente que solicita, ainda fico com a seriedade do logo simples, marcante e fácil de ser identificado. Mas isso é apenas uma opinião.

Coloquei um exemplo abaixo:

O primeiro do lado esquerdo seria um exemplo de logo “fofinho”. Nesse exemplo, além do logotipo (representação gráfica do nome) colocaríamos diversos símbolos ao redor.
No lado direito, temos um logotipo mais “reto”, mais simplificado e com uma pequena dose de…fofura! Cabe analisarmos:

– Qual representaria mais seriedade e qualidade? 
– Qual seria mais fácil de ser memorizado?
– Qual possui a tipografia mais legível?
– Etc.

Não acredito que isso seja uma regra, e acredito que o logotipo, juntamente com o símbolo, cor, e outros elementos tem que ter a ver com a essência da empresa ou do ateliê. Mas acho importante pensarmos que ao abrir um negócio, devemos saber “onde” queremos chegar e o que queremos transmitir. Para um blog de assuntos diversos, por exemplo, um logo com mais elementos pode caber perfeitamente.

A finalidade desse post, é mostrar que não precisamos de “muito” para ter um logo com uma boa aparência. Na verdade, na minha opinião (longe de impor regras), o “pouco” representa “mais”.

Para definirmos qual combina mais com o nosso produto é importante pensar um pouco a frente e analisarmos o rumo que queremos tomar e por quanto tempo. Mas, novamente, isso é só a opinião de uma designer em busca de compreender os novos estilos de criação.